Raça rubro-negra: olé!

(por Ana Marina Godoy, de Curitiba/PR)Do imaginário espanhol – que meu sobrenome honra – faz parte a elegância de roupas rubro-negras. Combinação que foi disseminada e aceita em todo o mundo como de classe A. E não decepcionando as expectativas de flamenguistas e atleticanos paranaenses neste último domingo de novembro de 2009. Jogos de conquistas, como o elegante e sedutor ritmo flamenco propicia em expressões … Continuar lendo Raça rubro-negra: olé!