Quando esquecer não é uma opção

QUANDO ESQUECER NÃO É UMA OPÇÃO Margarete Hülsendeger   O Estado não tem rosto nem sentimentos, é opaco e perverso. Sua única fresta é a corrupção. Mas às vezes até essa se fecha por razões superiores. E então o Estado se torna maligno em dobro, pela crueldade e por ser inatingível. Isso ele sabia muito bem. Bernardo Kucinski Em carta escrita a Oscar Pollak, Franz … Continuar lendo Quando esquecer não é uma opção

A Comunicação, por ela mesma

A Comunicação, por ela mesma   Gilberto da Silva   Título: O rosto e a máquina – O fenômeno da comunicação visto pelos ângulos humano, medial e tecnológico – Nova Teoria da Comunicação – Vol. 1 Autor: Ciro Marcondes Filho Coleção: Comunicação Acabamento: Costurado Formato: 13,5 cm x 21 cm Páginas: 184 Área de Interesse: Comunicação.   Em O rosto e a máquina: O fenômeno … Continuar lendo A Comunicação, por ela mesma

Mulheres de vermelho

MULHERES DE VERMELHO Margarete Hülsendeger   Você não conta uma história apenas para si mesma. Sempre existe alguma outra pessoa. Mesmo quando não há ninguém. Margaret Atwood   Segundo o dicionário Houaiss distopia é “qualquer representação ou descrição de uma organização social futura caracterizada por condições de vida insuportáveis, com o objetivo de criticar tendências da sociedade atual, ou parodiar utopias, alertando para os seus … Continuar lendo Mulheres de vermelho

O Deus da dor e da perda

O DEUS DA DOR E DA PERDA Margarete Hülsendeger   Eles todos logo aprenderiam muito sobre castigos. Que eles vêm em tamanhos diversos. Que alguns eram tão grandes que eram como armários com quartos embutidos. Podia-se passar a vida inteira dentro deles, vagando por estantes escuras. Arundhati Roy   Julgar uma cultura que não é a nossa é sempre muito difícil, para não dizer perigoso. … Continuar lendo O Deus da dor e da perda

As duas resistências

AS DUAS RESISTÊNCIAS Margarete Hülsendeger   […] sei bem que nenhum livro jamais poderá contemplar ser humano nenhum, jamais constituirá em papel e tinta sua existência feita de sangue e de carne. Julián Fuks   Um livro pequeno. Um título que se confunde com outro título. Uma epígrafe retirada de um livro de mesmo nome. Uma história dentro de uma história. Uma narrativa que conta … Continuar lendo As duas resistências

Um diálogo improvável

Após, Margarete Hülsendeger premia seu leitor com seu segundo livro Um diálogo improvável – Homens e mulheres que fizeram história. A autora utiliza-se de vários gêneros literários para nos contar a história de homens e mulheres que se alinharam ao fio da História da Ciência. Ao construir diálogos, contos, pequenas entrevistas e cartas, a autora descreve o drama de mulheres – quase sempre em conflito … Continuar lendo Um diálogo improvável

Ano Em Que Trafiquei Mulheres

  Jaqueline Novaes publicado em 01/12/2010 como http://www.partes.com.br/cultura/livros/anoquetrafiquei.asp   Ano Em Que Trafiquei Mulheres Antonio Salas ISBN: 9788576652922 Publicação: 2007 Editora: Planeta Páginas: 264     O Ano Em Que Trafiquei Mulheres é o título dado por Antonio Salas, pseudônimo de um jornalista investigativo espanhol para um dos seus melhores livros. O jornalista teve identidade oculta por um ano, afim de entender e desmascarar este … Continuar lendo Ano Em Que Trafiquei Mulheres

Acréscimos e diminuições no Novo Testamento

Acréscimos e diminuições no Novo Testamento   Max Leandro de Araújo Brito[*]   O Livro “O que Jesus Disse? O que Jesus não Disse?” (2006) foi escrito por Bart D. Ehrman, um importante crítico textual do Novo Testamento bíblico. Nessa obra ele aponta situações dos livros de Mateus, Marcos, Lucas e João, dentre outros, onde Jesus pode não ter falado determinadas palavras ou pode não … Continuar lendo Acréscimos e diminuições no Novo Testamento

A escola e o ensino da escrita: conflitos?

Mônica de Souza Serafim* publicado em 05/04/2010 como http://www.partes.com.br/educacao/resenhas/ensinodaescrita.asp     COLELLO, Sílvia Mattos Gasparian. (2007). A escola que (não) ensina a escrever. São Paulo: Editora Paz e Terra. 286 pp. ISBN: 9788577530106       Em A escola que (não) ensina a escrever, Sílvia Colello apresenta importantes reflexões sobre o ensino da língua escrita. O livro encontra-se dividido em quatro partes. Na primeira, intitulada … Continuar lendo A escola e o ensino da escrita: conflitos?

Mitos e Verdades Sobre o Preconceito Linguístico

Bruno de Azevedoi Publicado em publicado em 05/04/2010 como: http://www.partes.com.br/educacao/resenhas/mitoseverdades.asp BAGNO, Marcos. Preconceito Linguístico: o que é, como se faz. 51.ed.São Paulo: Edições Loyola,2009.   A presente resenha é fruto da leitura da obra Preconceito linguístico: o que é, como se faz, do autor Marcos Magno, sendo a obra uma das primeiras leituras exigidas pelo Curso de Letras, da Universidade Alto Vale do Rio do … Continuar lendo Mitos e Verdades Sobre o Preconceito Linguístico

AL BERTO: uma overdose de beleza

Rodrigo da Costa Araújoi publicado em 31/03/2010 como http://www.partes.com.br/cultura/livros/alberto.asp   ‘Quero morrer com uma overdose de beleza’ [Vigílias. In: O Medo. Al Berto. 2000. p.519] ‘fui todas aquelas máscaras, e a que trago hoje é um imenso e paciente trabalho de composição, nela estão fragmentos de todas as outras’. ‘A escrita é a minha primeira morada de silêncio a segunda irrompe do corpo movendo-se por … Continuar lendo AL BERTO: uma overdose de beleza

Amor e Perda

Nair Lúcia de Britto publicado em 03/01/2010 como http://www.partes.com.br/cultura/livros/amoreperda.asp   Título : Amor e perda – As raízes do luto e suas complicações Autor: Colin Murray Parkes Editora: Summus Editorial Preço: R$ 76,90 Páginas: 448 ISBN: 978-85-323-0499-5 Atendimento ao consumidor: 11-3865-9890 Site: http://www.summus.com.br               Lançado pela Summus Editorial, o livro AMOR E PERDA, de autoria de Colin Murray Parkes, tem como base o estudo de … Continuar lendo Amor e Perda

Refletindo sobre a obra “Profissão Professor”: contribuições de Antônio Nóvoa

Refletindo sobre a obra “Profissão Professor”: contribuições de Antônio Nóvoa.[1 Jamily Charão Vargas publicado em 01/10/2008 <www.partes.com.br/educacao/antonionovoa.asp> Quando pensamos a profissão docente, não conseguimos omitir a realização de uma reflexão sobre vários assuntos, diversos conceitos e uma complexidade de concepções do “ser professor” que carregamos ao longo de nosso ofício docente. Assim, muitas questões permeiam a nossa profissão, sendo importante refletir sobre a imagem e … Continuar lendo Refletindo sobre a obra “Profissão Professor”: contribuições de Antônio Nóvoa

Uma quase resenha

Gilberto da Silva publicado em 01/05/2008   Começo a mudar meus pensamentos acerca da maturidade de ficar mais velho. Creio exclusive que a maturidade pode ajudar a gente a atingir maiores crianços (Zeh Gustavo)     Obra: A perspectiva do Quase Autor: Zeh GustavoEditora: Artepaubrasil Local: São Paulo, SP, 2008 Preço:s/i Contatos com a editora: livraria@artepaubrasil.com.br As palavras fluem num lapso, num canto, num rabiscar … Continuar lendo Uma quase resenha

O Maldito Fraga

Por Gustavo Dumas https://www.partes.com.br/cultura/livros/omalditofraga.asp O Maldito Fraga publicado em 26/01/2006 Bem sabemos que obra literária nenhuma existe sem uma autoria. No caso específico da prosa, cabe ao autor, inicialmente, construir um narrador; depois, uma estória para seu narrador ir contando, e nela, é claro, encerrar personagens e conflitos que se resolverão (ou não…) no fim da narrativa. Sabemos ainda discernir com certa facilidade, separar as … Continuar lendo O Maldito Fraga

Esse amor de todos nós

ESSE AMOR DE TODOS NÓS Autor: Marina Colasanti ISBN: 85-325-1167-8 Páginas: 232 Formato: 14 x 21 Preço:R$ 24,00 Esse amor de todos nós  “Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?” (Carlos Drummond de Andrade)   O discurso amoroso que inquieta, perturba e deslumbra a humanidade sempre impregnou a arte, a literatura e a poesia com a fala dos apaixonados. As aflições e satisfações do … Continuar lendo Esse amor de todos nós

O Brasil Privatizado II

O Brasil Privatizado II O assalto das privatizações continua Autor: Aloysio Biondi R$ 7,00 – 64 páginas Prefácio A publicação de O Brasil Privatizado II: O assalto das privatizações continua poderia ser justificada de várias formas. A mais imediata seria simplesmente dizer: “O Aloysio já havia acertado com a Editora Fundação Perseu Abramo uma continuação do primeiro. Além disso, ele até já preparara um roteiro, apontando os temas que … Continuar lendo O Brasil Privatizado II

Como andam as relações entre homens e mulheres?

Ninguém duvida que estão acontecendo mudanças de comportamento nas relações entre os sexos na sociedade brasileira contemporânea. Mas o que mudou? Como homens e mulheres estão lidando com isso? Nos seis artigos que compõem este volume, estas transformações são analisadas a partir do discurso de homens e mulheres em situações atuais como o mercado de trabalho feminino, academias de ginástica e agências de encontro. Continuar lendo Como andam as relações entre homens e mulheres?