Muito Prazer

“MUITO PRAZER” Nair Lúcia de Britto Quando saí do Colégio de freiras ao concluir o Ginásio, eu e algumas colegas de turma fomos para um Colégio Misto para cursar o “Clássico”.   Sentiamo-nos um tanto deslocadas naquele ambiente descontraído onde, na hora do recreio, conversas e risadas rolavam soltas com sincera espontaneidade. Olhávamos com o rabo de olho, como se dizia, para os rapazes; e … Continuar lendo Muito Prazer

Oficina de Clown – Erwan Gronier, Palhaço Sem Fronteira Bélgica

O Teatro Commune tem o prazer de convidá-los para uma Oficina de Clown Internacional imperdível! Diretamente da Escola de Circo de Bruxelas e do Palhaço Sem Fronteiras Bélgica, Erwan Gronier trará para o Brasil toda sua experiência de Clown em zonas de conflito, como Iraque, Afeganistão, Síria, Equador, através da oficina: “Brincando com Seus Botões – Uma Viagem Interna à Procura do Seu Palhaço”. Quando: … Continuar lendo Oficina de Clown – Erwan Gronier, Palhaço Sem Fronteira Bélgica

Eleições e dor de cotovelo

Por Gilberto da Silva   Toda eleição é a mesma ladainha. O Zé Esquerda acusa o Zé Meio Esquerda de falta de união e vai logo arrotando: tem que unir o pão como o fermento para dar o alimento! Juntos somos fortes, na eleição e na direção: “tamu juntos…”  Todos se julgam vítimas das conspirações, mas no primeiro beijo logo esquecem das desavenças. Toda eleição … Continuar lendo Eleições e dor de cotovelo

A burrice é genética!

Por Gilberto da Silva Segundo um dos descobridores da estrutura do DNA, James Watson, a burrice é uma doença genética que deveria ser cuidada. Mas como a Saúde no Brasil é um caso quase  insolúvel teremos que conviver com essa doença durante muitos anos. Watson defende que as pessoas burras ou com coeficiente intelectual baixo que não têm um transtorno mental diagnosticado sofrem de uma … Continuar lendo A burrice é genética!

A falta que Bundas nos faz

Hoje acordei com a Bundas na memória. Baixou uma baita saudades de Bundas. Das Bundas lidas e relidas, das Bundas passadas e repassadas. Das sempre boas Bundas! Quem tinhas Bundas não via Caras… As Bundas vieram e se foram num pequeno fluxo de tempo. As Bundas eram de bom tamanho, ideal para ótimas risadas e gargalhadas, nem muito grande, nem muito pequena, eram páginas de … Continuar lendo A falta que Bundas nos faz

Todo mundo é comunista

Por Gilberto da Silva O mundo acordou mais comunista. O céu ficou vermelho comunista. A bela artista de teatro ficou comunista. Nasceu em uma maternidade em São Paulo mais uma comunista. Todo Parlamento é comunista. Todo partido é comunista e o PT também. Toda favela é comunista, toda burguesia virou comunista. A ditadura é comunista e a democracia velha e cansada aderiu ao comunismo. Tem … Continuar lendo Todo mundo é comunista

De bengala e toga ou camisa de força?

“Nem com uma camisa de força eu comparecerei”, diz o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello sobre nova sabatina.   Por Gilberto da Silva   Bem se a PEC era chamada de PEC da Bengala eu fico a imaginar o Ilustríssimo, meritíssimo e douto Doutor Juiz adentrar nas salas do Congresso Nacional  devidamente munido e amparado por uma bela bengala adquirida em Paris. … Continuar lendo De bengala e toga ou camisa de força?

Relançamos o PUM!

Por Gilberto da Silva O PUM foi relançado. Ele está nas mídias sociais, nos jornais e nas revistas burguesas e socialistas. É um partido revolucionário, capaz de sacudir as sórdidas poeiras das estradas políticas deste país tupiniquim. Nem bem foi lançado e já está sendo condenado pelas elites que preferem os movimentos clandestinos. O PUM é denominado um partido revolucionário, devastador, irreverente e coerente com … Continuar lendo Relançamos o PUM!

Os manifestos e suas estranhas manifestações

No meio da turbulência, das idiocrasias e falta de educação verificamos coisas fenomenológicas. Para quem tem anos de fenestração na vida política, mesmo com o azedume, dá para sorrir.  Estou velho, mas não estou Matusalém… Claro, todo movimento é sexual, minto, é sexy, é pervertido? Perverter é corromper…   A faixa abaixo já comentei anteriormente no post A Minha imbecilidade proibiu o título …   … Continuar lendo Os manifestos e suas estranhas manifestações

Ato 46

1. Fica decretado que a partir de hoje todas as faixas usadas nas manifestações, sejam elas de qualquer natureza, deverão ser grafadas na língua universal sob pena de internação numa clínica de idiomas por tempo indeterminado.  & Lembramos a todos os interessados que aqui nessas paragens, o ilustre Policarpo Quaresma foi e sempre será um alienista. 2. Através deste digníssimo ato, todas as redes de … Continuar lendo Ato 46

Obama liga para o Fidel

– Alô, Fidel? Aqui é o Obama. Como vais? – Alô, Obama? Tudo bem, aqui é o camarada Fidel? Qual a novidade? – PÔ Fidel, os brasileiros mandaram para Miami um desencantado cantor metido a manifestante político. O cara tá gritando “Fora Cuba”…. – Caramba, camarada Obama… Brasileiro assim não dá… -Então, junto com eles tem uns caras falando em ditadura militar… – Sem problemas, … Continuar lendo Obama liga para o Fidel

Mais um bolivar!

A América Latina amanheceu mais bolivariana ainda! Não bastasse, aqui, nossa Dilma, agora no Uruguai, temos a eleição de Tabaré Vazquez, um continuista bolivariano da estirpe mais light de Pepe Mujica. Do lado de baixo do equador está ficando tudo dominado para desespero dos leitores da OIA. A lista desesperado vai de Dilma até Maduro e se não me engano passa por Rafael Correa (Equador), … Continuar lendo Mais um bolivar!

Arte bunda

por Alfredo Ramos O Carandiru não estava sendo invadido pelas tropas de choque da policia, após mais uma rebelião bem sucedida do PCC. A voz de comando no entanto era enfática e tinha um tom categórico: – Todo mundo na parede. Todo mundo nu! – Não quero ninguém de pulseiras, relógios, brincos, óculos, meias ou perucas, aqui. O fotografo americano, Spencer Tunik, não precisava nem … Continuar lendo Arte bunda

Falando Sério

por Alfredo Ramos O autor que me perdoe mas não sei quem escreveu o texto abaixo sobre palavrões. Como perdoa-se tudo, até palavrões, porque não esta transcrição? A lista das palavras pernósticas, são todas conhecidas e veja como o tempo, muda o sentido delas. Antigamente seria inadmissível o que irias ler. Hoje, virou até graça(!) Há quem discorde, mesmo dizendo palavrões não concordando. Dirias então … Continuar lendo Falando Sério

Confesso que bebi: memórias de um amnésico alcóolico

  Livro de Jaguar foi produzido a partir de lembranças de fatos e de conversas jogadas fora em torno de rodadas de chope, copos e garrafas, que sempre balizaram a vida do chargista, desde anos tão verdes quanto licor de menta. CONFESSO QUE BEBI é também um guia cultural de um Rio de Janeiro que insiste em manter a aura de boêmia, mesmo com todos … Continuar lendo Confesso que bebi: memórias de um amnésico alcóolico