Ensinar uma criança é ajudá-la a perceber a beleza do mundo, diz Celso Antunes

Entrevistei, via e-mail, o professor Celso Antunes que completou 80 anos de vida, em 5 de outubro, e tem mais de 50 anos de livros publicados. Livros, em sua maioria, que viraram referência no ensino. Os primeiros livros didáticos que o professor Celso Antunes escreveu foram publicados pela Editora do Brasil, no início da década de 60. Eu mesmo, Gilberto da Silva, usei livros do professor Celso … Continuar lendo Ensinar uma criança é ajudá-la a perceber a beleza do mundo, diz Celso Antunes

O menino selvagem e as invariantes do humano

O menino selvagem e as invariantes do humano Publicado originalmente como http://www.partes.com.br/colunistas/gilbertosilva/meninoselvagem.asp José Carlos Rocha Gilberto da Silva   “tudo que é dito é dito por alguém” Humberto Maturana /Francisco Varela Victor d’Aveyron Em meados do século dezenove, em Paris, o jovem médico Jean-Jacques Gaspar Itard dá com um aglomerado de pessoas observando, na rua, um menino, enjaulado, a quem chamavam de menino-macaco. Com autorização … Continuar lendo O menino selvagem e as invariantes do humano

Mulher não se dizputa

Com o carro chefe DIZPUTA, uma das três músicas finalistas da categoria Melhor Canção do Prêmio da Música Brasileira, concorrendo nada mais com “Descaração familiar”, de Tom Zé, e “Nunca mais vou jurar”, de Zeca Pagodinho. Carol Naine apresenta seu disco “Qualquer pessoa além de nós”, segundo álbum autoral de Carol, lançado oficialmente em CD em maio deste ano em um show no Rio de … Continuar lendo Mulher não se dizputa

Fetiche

Gilberto da Silva Da primeira vez que entrei naquela sala senti um arrepio e uma dor profunda. Não podia acreditar que aquilo que se passava por uma mesa, não fosse uma mesa. Aquele jovem, moderno, articulado, dotado de uma brilhante intelectualidade convidou-me para um café com torradas. Ainda atordoado, não aceitei o convite para tomar café naquele “móvel”. Sai espumando ódio daquele lugar, como se … Continuar lendo Fetiche

Um doce café frio

Por Gilberto da Silva   Quem me chamou para um café, e não foi? Quem acendeu um pavio e o deixou ao vento morno das manhãs? Coisas do destino. Aquele pó está ficando velho e o cheiro já foi embora. Não há mais pó? Nem água? Ilusões?   Aos poucos, cafés, mensagens, telefonemas e imagens se dissipam no horizonte das manhãs. Não há mais o … Continuar lendo Um doce café frio

Não olhai as estrelas

Por Gilberto da Silva É duro viver no dantesco mundo dos oportunistas. Nem as estrelas poupam. Miram o Sol todos os dias para consumir a energia solar em toda a sua potencialidade. Não perdem um lanche. Não atrasam um trem.  Cavam seus espaços na arquitetura falida dos que optam por uma vida honesta. Oportunistas são hábeis manipuladores. Não há necessidade de ficar olhando estrelas para … Continuar lendo Não olhai as estrelas

O sono de Sofia

Sofia sofre. As dores nas costas aumentam a cada dia que passa. Não bastasse os pés doloridos, calejados pela jornada de anos e anos a fio amassando barro e poeira na periferia. Tempos de labuta, quando caminhava horas e horas por uma estrada quase deserta até chegar à escola, onde lecionava.O tempo passou, as condições de vida melhoraram e Sofia, moça, bonita, e sempre dedicada … Continuar lendo O sono de Sofia

Náuseas euclidianas

“É difícil imaginar que os indivíduos e as sociedades que se regem pela busca do prazer, tanto ou ainda mais do que pela fuga à dor, consigam sobreviver” Antônio R. Damásio in O Erro de Descartes. As vezes sinto uma vontade enorme de vomitar. De espalhar por toda o ambiente aquela gosma tratada pelo digestivo. Algumas – as vezes muitas – coisas me aborrecem. Uma que me … Continuar lendo Náuseas euclidianas

O ambientalismo tardio

Minha dissertação de mestrado: O ambientalismo tardio: a Amazônia como temática ambiental no jornalismo impresso paulista está disponível em vários links entre eles: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=125347 http://www.facasper.com.br/pesquisas/pesquisa/index.php/o-ambientalismo-tardio-a-amazonia-como-tematica-ambiental-no-jornalismo-impresso-paulista,39.html http://www.ufmt.br/gpea/pub/gilberto_da_silva_o_ambientalismo_tardio.pdf resumo: Este trabalho analisa a temática ambiental Amazônia no jornalismo impresso paulista a partir da metodologia de análise de conteúdo dos textos publicados nos jornais O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo. Compreendemos a natureza contemporânea … Continuar lendo O ambientalismo tardio

O homem e a crise

Por Gilberto da Silva Tudo bem, a mulher evoluiu e o homem ainda enfrenta crise de identidade. Assim terminei meu papo com Cacilda – minha melhor amiga – ciente de que o sucesso dela deixou muitos homens assustados. Ela sempre deixou claro que as mulheres não querem ocupar os espaços dos homens, pois a imagem do homem, da figura masculina é muito importante. Mas, debates … Continuar lendo O homem e a crise

Um homem X para a mulher K

Por Gilberto da SilvaTenho uma amiga que procura um homem. Este homem não sou eu. Não que eu não queira minha amiga K. O que ela sente por mim é apenas admiração e afeição. Não é o desejo por uma bela tarde de amor em uma cama macia, ou uma noitada de sexo que irá acabar com esta afeição.O que K procura é um homem … Continuar lendo Um homem X para a mulher K

Notícias de uma separação

Gilberto da Silva publicado em 03/02/2009 Renato lia tudo que podia e que porventura caisse em suas mãos. Ouvia tudo, estava ligado, antenado nas notícias. Assim era. Assim foi. Belo dia de Sol e lá estava Renato ouvindo coisas absurdas nos canais de televisão. Meditava. Desconfiava. Ansiava. Tinha em sua vida visto muitas coisas que não gostaria de ter visto. Nem ouvido…. Pensava que as … Continuar lendo Notícias de uma separação

As mulheres preferem olhar nos olhos dos homens

Certa vez li num jornal que o zoológo Günter Tembrock – na época ele tinha uns 76 anos – um estudioso do comportamento reprodutivo dos animais, que ao fazer sua escolha a fêmea dá preferência ao macho que lhe parecer superior aos demais, característica que poderá garantir o desenvolvimento de seus descendentes. Sendo assim, a fêmea tolera a poligamia de seus companheiros…. A Moral dupla … Continuar lendo As mulheres preferem olhar nos olhos dos homens

Visitando os amigos no inferno

De uns tempos para cá passei a visitar amigos, colegas e companheiros de longa jornada, depois de um certo tempo de distanciamento e isolamento devido à imersão ao mundo do trabalho, mudanças geográficas e nova constituição familiar. Durante este início de visitação comecei a observar algumas coisas interessantes, algumas já tinham passado pela minha cabeça, mas não tinha parado para pensar nestas questões.A TV, a … Continuar lendo Visitando os amigos no inferno

Vou abrir um Instituto!

Por Gilberto da Silva Parece modismo, mas é! A onda atual é abrir Instituto para tudo. Os jogadores de futebol abrem institutos. O ex-presidente da República FHC montou o seu – e um incêndio quase destruiu tudo. A prefeita Marta está montando o dela. Todo mundo monta. Parece cavalo. Existe instituto para todos os gostos, para todas as classes. Eu acho (me falaram, creio que … Continuar lendo Vou abrir um Instituto!

Nos tempos de Bundas

Saudades de Bundas. Da Bundas que veio (vieram) e das Bundas que foi (foram). A Bundas era de bom tamanho, ideal para ótimas risadas e gargalhadas, nem muito grande, nem muito pequena, uma Bundas de palmos medidas.A revista hebdomadária teve vida curta, mas foi suficiente para encher nossos olhos de boas bundas e caras de bundas por todo o país.Tinha Ziraldo, Jaguar, Millor, Veríssimo, Chico … Continuar lendo Nos tempos de Bundas