Cultura

Orgulho

ORGULHO            Nair Lúcia de Britto   O orgulho é o líder De outros descalabros Os orgulhosos disputam Quem é o mais forte O mais poderoso O mais enricado Etc e tal… Daí começa o Mal!   Ontem era a… Leia mais ›

Muito Prazer

“MUITO PRAZER” Nair Lúcia de Britto Quando saí do Colégio de freiras ao concluir o Ginásio, eu e algumas colegas de turma fomos para um Colégio Misto para cursar o “Clássico”.   Sentiamo-nos um tanto deslocadas naquele ambiente descontraído onde,… Leia mais ›

Rebeca

REBECA Nair Lúcia de Britto     Rebeca querida Como sinto saudades dos nossos passeios Pela orla da praia do Gonzaga Você veio… Para trazer alegria e felicidade Para todos com quem encontrava Você sempre sorria  “Com o rabo”!  … Leia mais ›

A comilança

(La Grande Bouffe – 1973- Itália/França)  Nair Lúcia de Britto     Na década de 70 fui assistir este filme no Cine Arouche, em São Paulo. Sempre gostei das comédias italianas (as melhores que eu já assisti) e do famoso… Leia mais ›

o bom cultivador

O bom cultivador Cultiva sempre o Amor Ouvi esta poesia, anos atrás, recitada por uma menina, aluna de um Colégio Estadual, do Rio de Janeiro. Tratava-se de uma reportagem da tevê Cultura, sobre um projeto que circulava nas Escolas. Além… Leia mais ›

Mulher não se dizputa

Com o carro chefe DIZPUTA, uma das três músicas finalistas da categoria Melhor Canção do Prêmio da Música Brasileira, concorrendo nada mais com “Descaração familiar”, de Tom Zé, e “Nunca mais vou jurar”, de Zeca Pagodinho. Carol Naine apresenta seu… Leia mais ›

Lembranças paternas

LEMBRANÇAS PATERNAS nair lúcia de britto Abri, hoje, um pequeno caderno que mamãe guardou muito bem guardado e que,agora,sou eu quem guarda. É um caderno de Citações literárias transcritas por meu pai, dos seus autores prediletos. São anotações muito antigas,… Leia mais ›