A volta do ganso

Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar… O Santos FC não só contraria essa “regra”, como também é o time com maior incidência de raios da história! É assim desde os tempos de Araken e Feitiço, e sempre, no mínimo, em duplas: Pelé e Coutinho, Pita e Juary, “Chulapa” e Paulo Isidoro, para citar apenas alguns exemplos de maior voltagem. E … Continuar lendo A volta do ganso

Conheça sua Base Motivacional

“Nós sabemos o que somos, mas não o que podemos ser.” (Shakespeare) Vamos colocar de lado o conceito equivocado de que motivação, no mundo corporativo, significa bônus salariais, promoções, eventos festivos, palestras-show e tapinhas nas costas. Embora importantes e desejáveis, profissionais responsáveis sabem que estes são aspectos apenas estimuladores de um comportamento proativo. Motivação é um processo endógeno, responsável pela intensidade, direção e persistência dos … Continuar lendo Conheça sua Base Motivacional

Conheça sua Base Motivacional

“Nós sabemos o que somos, mas não o que podemos ser.” (Shakespeare) Vamos colocar de lado o conceito equivocado de que motivação, no mundo corporativo, significa bônus salariais, promoções, eventos festivos, palestras-show e tapinhas nas costas. Embora importantes e desejáveis, profissionais responsáveis sabem que estes são aspectos apenas estimuladores de um comportamento proativo. Motivação é um processo endógeno, responsável pela intensidade, direção e persistência dos … Continuar lendo Conheça sua Base Motivacional

A santa que nunca foi santa

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br Ela nasceu em uma grande fazenda denominada Segredo, nas fraldas da Serra do Carrapato. As terras de seu pai, Coronel Anselmo, se perdiam de vista, num suceder de vales, planícies e montes. Dedicadas à mineração, à criação de gado e ao plantio de café as propriedades só prosperavam. Aos pés de uma árvore de óleo balsamo ele ergueu um enorme casarão, adequado … Continuar lendo A santa que nunca foi santa

A santa que nunca foi santa

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br Ela nasceu em uma grande fazenda denominada Segredo, nas fraldas da Serra do Carrapato. As terras de seu pai, Coronel Anselmo, se perdiam de vista, num suceder de vales, planícies e montes. Dedicadas à mineração, à criação de gado e ao plantio de café as propriedades só prosperavam. Aos pés de uma árvore de óleo balsamo ele ergueu um enorme casarão, adequado … Continuar lendo A santa que nunca foi santa

Tempo de Escolher

* por Tom Coelho “Um homem não é grande pelo que faz, mas pelo que renuncia.” (Albert Schweitzer) Muitos amigos leitores têm solicitado minha opinião acerca de qual rumo dar às suas carreiras. Alguns apreciam seu trabalho, mas não a empresa onde estão. Outros admiram a harmonia conquistada, mas não têm qualquer prazer no exercício de suas atividades. Uns recebem propostas para mudar de emprego, … Continuar lendo Tempo de Escolher

O homem e a crise

Por Gilberto da Silva Tudo bem, a mulher evoluiu e o homem ainda enfrenta crise de identidade. Assim terminei meu papo com Cacilda – minha melhor amiga – ciente de que o sucesso dela deixou muitos homens assustados. Ela sempre deixou claro que as mulheres não querem ocupar os espaços dos homens, pois a imagem do homem, da figura masculina é muito importante. Mas, debates … Continuar lendo O homem e a crise

A mulher de bota

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br Seria um dia comum de outono se não fosse pelo frio que teimava por entrar no meio dos agasalhos que vestia e me enregelar. Esperava cumprir aquele compromisso profissional e social e me enfiar debaixo de pelo menos três cobertores, numa cama aconchegante. Era uma reunião em que o número de homem predominavam sobre as mulheres. Eles falantes e desinibidos e elas, … Continuar lendo A mulher de bota

A mulher de bota

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br Seria um dia comum de outono se não fosse pelo frio que teimava por entrar no meio dos agasalhos que vestia e me enregelar. Esperava cumprir aquele compromisso profissional e social e me enfiar debaixo de pelo menos três cobertores, numa cama aconchegante. Era uma reunião em que o número de homem predominavam sobre as mulheres. Eles falantes e desinibidos e elas, … Continuar lendo A mulher de bota

A mala misteriosa

Pedro Coimbrappadua@navinet.com.br O entardecer já se aproximava quando a comitiva se aproximou da Igreja Matriz. A frente, Coronel Olegário, seguido de quatro capangas, com cartucheiras nas mãos. O animais resfolegavam e por onde passavam as pessoas tratavam de se esconder por trás das janelas tal a fama do homem que usava uma longa capa Ideal, jogada sobre o lombo e pitava sem cessar um cigarro … Continuar lendo A mala misteriosa

A mala misteriosa

Pedro Coimbrappadua@navinet.com.br O entardecer já se aproximava quando a comitiva se aproximou da Igreja Matriz. A frente, Coronel Olegário, seguido de quatro capangas, com cartucheiras nas mãos. O animais resfolegavam e por onde passavam as pessoas tratavam de se esconder por trás das janelas tal a fama do homem que usava uma longa capa Ideal, jogada sobre o lombo e pitava sem cessar um cigarro … Continuar lendo A mala misteriosa

Como transformar o conhecimento em vantagem competitiva

Por Madalena Carvalho Gestão do Conhecimento não é novidade. Talvez um novo nome para uma preocupação antiga. Não há duvida de que o conhecimento é o recurso econômico mais valioso para a competitividade das empresas e nações.  Por isso a gestão do conhecimento é um dos temas mais quentes do momento. Os grandes gurus, líderes empresariais e consultores têm apontado o conhecimento como uma vantagem … Continuar lendo Como transformar o conhecimento em vantagem competitiva

Os tipos revolucionários

Os tipos revolucionários Por Gilberto da Silva O Revolucionário Permanente. Ele nunca está contente. Sempre há uma revolução para fazer, para ser completada. Aqueles que impedem estas ações revolucionárias são sempre denominados de reacionários, ou contras. Eles cantam o amanhã, mesmo após acordar com um sério desencanto. Não é preciso apenas mudar o mundo, é preciso mudar o Universo. É preciso muito e sempre e … Continuar lendo Os tipos revolucionários

O carteiro e uma história

Por Adilson Luiz Gonçalves Aix-en-Provence é uma cidade do Sul da França conhecida, entre outras coisas, pelas universidades e museus que abriga. A conheci em 1986, por conta de um convite para proferir uma palestra no Rotary Club local, na qualidade de bolsista da Fundação Rotária. Antes da apresentação, um sócio, com um sorriso mais que cordial, fez questão de apresentar-se: ele havia morado no … Continuar lendo O carteiro e uma história

As maravilhas do mundo

Por Adilson Luiz Gonçalves Turismo – Relato de viagem Revista Partes – Ano V – fevereiro de 2005 – nº 54 Estive, recentemente, em visita à Foz do Iguaçu, no Paraná, com a oportunidade de conhecer, pessoalmente, duas maravilhas consagradas: uma da natureza, esculpida por Deus, e outra da Engenharia, pensada e construída por seres humanos, com a sabedoria que Deus lhes deu. As Cataratas … Continuar lendo As maravilhas do mundo

De amor e de sombras: o duelo entre vida profissional e pessoal

Por Madalena Carvalho Revista Partes – Ano V – fevereiro de 2005 – nº 54 Grande parte dos profissionais, principalmente os que têm o seu próprio negócio, são cobrados ou sofrem para administrar a vida profissional e pessoal. Normalmente atribui-se ao tempo esta dificuldade. De fato, na prática é uma combinação difícil a conciliação das atividades profissionais e pessoais. Mas o que fazer?  Como dar … Continuar lendo De amor e de sombras: o duelo entre vida profissional e pessoal

Robinho versus Tevez

Bordão Robinho versus Tevez Revista Partes – Ano V – fevereiro de 2005 – nº 54     Como santista e adorador do futebol, admirei o último Santos versus Corinthians (13/02/2004) e o show do garoto Robinho. Um primor de jogador. E havia gente apostando num duelo (quem é o melhor?) Robinho x Tevez. Enquanto o argentino é raça e objetivo, o garoto Robinho é … Continuar lendo Robinho versus Tevez

Filme de Terror?

Filme de Terror? Por Adilson Luiz Gonçalves Revista Partes – Ano V – fevereiro de 2005 – nº 54  Indivíduos, que se consideram superiores, reúnem-se para definir o destino dos que, iludidos, desconhecem suas reais intenções. Nas reuniões às claras eles desfilam uma retórica incongruente com seus atos, e uma austeridade incompatível com suas posses. Parecem pessoas ilustradas e bem-intencionadas, mas nos encontros secretos são … Continuar lendo Filme de Terror?

Vou abrir um Instituto!

Por Gilberto da Silva Revista Partes – Ano V – janeiro de 2005 – nº 53   Parece modismo, mas é! A onda atual é abrir Instituto para tudo. Os jogadores de futebol abrem institutos. O ex-presidente da República FHC montou o seu – e um incêndio quase destruiu tudo. A prefeita Marta está montando o dela. Todo mundo monta. Parece cavalo. Existe instituto para … Continuar lendo Vou abrir um Instituto!