SESC BELENZINHO RECEBE TEMPORADA DE ESTREIA DA PEÇA MEDUSA IN.CONSERTO

Temporada com a Cia. Les Commediens Tropicales e quarteto À Deriva revisita o mito grego de Medusa por meio do teatro e da música

De 7 a 23 de janeiro de 2022, o Sesc Belenzinho recebe a Cia. Les Commediens Tropicales (Cia. LCT) e quarteto À Deriva (ADV) para a estreia da peça Medusa in.conSerto. As apresentações ocorrem na Sala de Espetáculos I da unidade, sextas e sábados, às 21h30, e domingos às 18h30, respeitando os protocolos de segurança, por meio da exigência do uso de máscaras e apresentação do comprovante de vacinação com esquema vacinal completo para acessar o espaço.

A partir das poucas linhas que o poeta Ovídio usou em sua obra clássica Metaformoses para apresentar Medusa, uma das figuras mais temidas da mitologia grega, a Cia. LCT e o quarteto ADV reinventam a narrativa da “mulher monstra” com olhar petrificante e serpentes no cabelo. No mito, Medusa é uma sacerdotisa do templo de Atena que tem o seu corpo violado por Poseidon, o rei dos mares, e ainda é castigada pela própria Atena, deusa da justiça e da sabedoria. Em Medusa in.conSerto o texto e a música constroem uma peça que busca contrariar o papel imposto pelos caprichos divinos a Medusa e que lança novos olhares (e novas pedras) à cultura de culpabilização da vítima.

Medusa in.conSerto revisita as experiências das apresentações públicas em 2018 no Vale do Anhangabaú da obra MEDUSA concreta (também da Cia. LCT e quarteto ADV), reformula o seu material cênico e discursivo para convidar o público a dividir o mesmo espaço da cena. O espectador pode decidir de onde prefere olhar as cenas e escutar as diversas canções da peça, estando livre para caminhar num jardim de estátuas de pedra, por entre músicos, atrizes e atores.

SOBRE A CIA LES COMMEDIENS TROPICALES (Cia. LCT)

Criada em 2003, dentro do curso de Artes Cênicas da UNICAMP, a Cia. LCT está radicada na capital paulista desde 2005. Ao longo da trajetória do grupo são diversas as peças realizadas: Galvez Imperador do Acre (2005); CHALAÇA a peça (2006); A Última Quimera (2007); 2º D.Pedro 2º (2009); O Pato Selvagem (2010); (ver[ ]ter) (2011); Concílio da Destruição (2012); GUERRA sem Batalha (2013); (ver[ ]ter) à deriva (2015); MAUSER de garagem (2016); BAAL.material (2016); MEDUSA concreta (2018); OMUROREVERORUMO (2019). Desde 2010 a Cia. LCT trabalha com o quarteto musical À Deriva e todas as peças foram criadas em conjunto. As criações desde 2012 fazem parte do repertório e evidenciam o interesse da Cia. LCT na interseção de linguagens: teatro, dança, música, videoarte e intervenção urbana.

SOBRE QUARTETO À DERIVA (quarteto ADV)

O grupo de música contemporânea improvisada foca seu trabalho na elaboração de situações musicais com potencial criativo, baseadas na improvisação e interação livre entre os músicos. Formado por Daniel Muller, Guilherme Marques, Rui Barossi e Beto Sporleder, o À Deriva consolidou seu estilo em seis álbuns autorais: À Deriva (2006), À Deriva II (2008), Suíte do Náufrago (2010), Móbile (2013), De Senhores, Baronesas, Botos, Urubus, Cabritos e Ovelhas (com Cau Karam, em 2013) e O Muro Rever o Muro (2016).

FICHA TÉCNICA

Concepção, Dramaturgia e Encenação: Cia. LCT e quarteto À Deriva | Beto Sporleder, Carlos Canhameiro, Daniel Müller, Guilherme Marques, Michele Navarro, Paula Mirhan, Rodrigo Bianchini, Rui Barossi e Tetembua Dandara
Elenco : Beto Sporleder, Carlos Canhameiro, Guilherme Marques, Gustavo Boni, Michele Navarro, Paula Mirhan, Rodrigo Bianchini, Tetembua Dandara e Vicente Falek

Textos: Carlos Canhameiro e Michele Navarro (a partir do mito de Medusa)
Música: quarteto ADV e Paula Mirhan
Pensamento visual : José Valdir e Renan Marcondes
Iluminação: Daniel Gonzalez
Técnicos: Cauê Gouveia, Lilla Stipp e Matias Arce
Adereços: Bira
Pensamento corporal: Núcleo Cinematográfico de Dança | Maristela Estela e Mariana Sucupira
Vídeos: Bruta Flor Filmes | Bruna Lessa e Cacá Bernardes

Fotos: Mariana Chama e Cacá Bernardes
Produção: Mariana Pessoa e Tetembua Dandara

TEATROS DO SESC
Os teatros do Sesc ampliaram a capacidade de público para até 100% desde 23 de novembro. Os shows, peças teatrais, espetáculos de dança e circo acontecem em diversas unidades, com ingressos marcados. Desde 1⁰ de dezembro, a venda presencial de ingressos em rede, nas bilheterias das unidades, foi retomada e a venda de ingressos on-line segue disponível no Portal Sesc SP.

PROTOCOLOS DE SEGURANÇA PARA ACESSO E PERMANÊNCIA NA UNIDADE

Máscaras
Permanece obrigatório o uso de máscaras, cobrindo adequadamente boca e nariz.

Apresentação do comprovante de vacina
Em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo é necessário apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19. Desde 1⁰ de dezembro, o acesso às unidades passa a ser realizado mediante comprovação de duas doses da vacina ou da dose única, e um documento oficial com foto. O público pode apresentar o comprovante físico, recebido no ato da vacinação, ou o comprovante digital, disponibilizado pelas plataformas VaciVida e Conecte SUS, ou pelo aplicativo e-saúdeSP.

Teatro
MEDUSA IN.CONSERTO
Com a Cia. LCT e quarteto À Deriva
De 7 a 23 de janeiro de 2022. Sexta e sábado, 21h30. Domingo, 18h30
Local: Sala de Espetáculos I (80 lugares)

Acesso somente com uso de máscara e apresentação do comprovante de vacinação com esquema vacinal completo
Ingressos: R$ 30,00 (inteira); R$15,00 (meia entrada/ Credencial Plena do Sesc).

Venda online em sescsp.org.br/belenzinho. Venda presencial, nas bilheterias de todas as unidades da rede Sesc
Recomendação etária: 14 anos
Duração: 70 minutos

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 21h. Domingos e feriados, das 9h às 18h.
Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s