Quando esquecer não é uma opção

QUANDO ESQUECER NÃO É UMA OPÇÃO Margarete Hülsendeger   O Estado não tem rosto nem sentimentos, é opaco e perverso. Sua única fresta é a corrupção. Mas às vezes até essa se fecha por razões superiores. E então o Estado se torna maligno em dobro, pela crueldade e por ser inatingível. Isso ele sabia muito bem. Bernardo Kucinski Em carta escrita a Oscar Pollak, Franz … Continuar lendo Quando esquecer não é uma opção