Poema Fora de Moda

  Poema Fora de Moda Gilda E. Kluppel No vestuário comercial calças de boca de sino se despedem para em breve estarem novamente em voga no sapato o bico ora se alarga, ora se afina lenços que são levados pelo vento e voltam para dar novo alento. Entre as miudezas de uma bolsa ocasional o celular de última geração desbloqueado, carregado e tão estimado fala … Continuar lendo Poema Fora de Moda