Especialistas em Educação Especial analisam as diferentes formas de comunicação na surdocegueira

surdocegueira

Da Pluricom

A surdocegueira é uma deficiência única, que associa a carência de dois canais sensoriais: a visão e a audição. Em graus diferentes, a combinação dessas duas carências causa extrema dificuldade nas relações educacionais, vocacionais, de lazer e sociais do indivíduo. Para discutir o assunto, as especialistas em Educação Especial Rita de Cássia Silveira Cambruzzi e Maria da Piedade Resende da Costa lançam, pela EdUFSCar, ‘Surdocegueira: níveis e formas de comunicação’.

O intuito é mostrar que cada ser humano precisa ser visto como único, com potencialidades a serem desenvolvidas e dificuldades a serem superadas ao longo do percurso de sua vida. Ao longo de 10 capítulos, as autoras apresentam as diferentes e inúmeras possibilidades de comunicação para uma pessoa com surdocegueira. Traçam um panorama histórico da educação das pessoas com surdocegueira, resgatando os serviços oferecidos a esse público; discutem questões perceptuais que envolvem a visão e a audição para a comunicação; dialogam com outros autores para fundamentar conceitos referentes à comunicação; e aprofundam a questão da comunicação não verbal e sua importância para a pessoa com surdocegueira. Aqui, três enfoques são destacados: os níveis, as formas e a funcionalidade da expressão não verbal, e as peculiaridades da surdocegueira adquirida e congênita.

A obra também aborda a comunicação receptiva, ou seja, como a pessoa recebe a mensagem do mundo externo e interage, bem como a comunicação expressiva, ou seja, o desenvolvimento da comunicação e da linguagem, e seus níveis: reconhecimento, contingente, instrumental, convencional, simbólica emergente e simbólica. Os métodos alternativos e os protocolos envolvidos nos níveis de competência comunicativa e nas formas não simbólicas também são discutidos.

De escrita dinâmica, com leitura fluida e prazerosa, Surdocegueira constitui-se em instrumento para profissionais e familiares que poderão colaborar para sanar as dificuldades ocasionadas pela falta desses sentidos por meio de ações interventivas consistentes e significativas. Utiliza para isso uma didática elucidativa e de fácil compreensão, elencando, detalhando e exemplificando as alternativas de comunicação, bem como as orientações quanto ao uso adequado de cada símbolo ou sinal.

Sobre as autoras Rita de Cássia Silveira Cambruzzi possui bacharelado e licenciatura em Psicologia pela atual Universidade Metodista de São Paulo. É especialista em Formação de Educadores de Pessoas com Deficiências pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e tem formação complementar em Terapia Familiar Sistêmica. Concluiu o mestrado e o doutorado em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Maria da Piedade Resende da Costa possui formação em Psicologia pela Universidade Católica de Pernambuco, graduação em Pedagogia pela mesma universidade, mestrado em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos e doutorado em Psicologia pela Universidade de São Paulo.

Título: Surdocegueira: níveis e formas de comunicação
Autoras: Rita de Cássia Silveira Cambruzzi e Maria da Piedade Resende da Costa
Número de páginas: 139
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 29,00
ISBN: 978-85-7600-443-1

Anúncios


Categorias:Cidadania, Educação, Educação, Educação Inclusiva

1 resposta

  1. Ensinar para pessoas normais já exige muito, imaginem pessoas com características diferentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: