Influências do trabalho docente feminino na cultura escolar

trabalho-docente-feminino.jpg
Pesquisa é desenvolvida na Unesp de Presidente Prudente

 

Jorge Luís Mazzeo Mariano defende a pesquisa ‘As influências do trabalho docente feminino na cultura escolar do extremo oeste  paulista (1932-1960)’ na Unesp de Presidente Prudente.

 

Resumo
O principal objetivo desta tese de doutorado em Educação é analisar a participação das professoras primárias na construção da cultura escolar das escolas primárias graduadas situadas na região do extremo oeste do Estado de São Paulo, mais especificamente nos municípios de Presidente Bernardes e de Presidente Venceslau.

O recorte temporal adotado compreende os anos de 1932 (quando os primeiros grupos escolares das cidades enfocadas foram legalmente instalados) e 1960 (ano em que foi inaugurado o prédio definitivo do Grupo Escolar de Presidente Bernardes), período em que as docentes tiveram que enfrentar as dificuldades inerentes ao início de suas carreiras e de lecionar em imóveis improvisados e inadequados para a finalidade educativa, aguardando até que as edificações preconizadas pelo próprio Estado fossem erigidas.

Destarte, levantou-se a hipótese de que o gênero feminino, aqui representado pelas docentes, teve influência direta no processo de construção da cultura escolar dos primeiros grupos de Presidente Bernardes e de Presidente Venceslau. Foi abordada a ação das professoras intramuros – na construção cotidiana das culturas escolares, por meio da prática docente – e também fora do âmbito dos grupos – quando expressaram publicamente os seus posicionamentos em favor da educação local.

Assim, a presente pesquisa financiada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, procurou responder aos seguintes objetivos específicos: recuperar o percurso histórico dos municípios pesquisados bem como de suas escolas primárias graduadas; pesquisar de que modo as relações de gênero influenciavam o trabalho das professoras; e identificar as estratégias adotadas pelas docentes para contornar as adversidades apresentadas no cotidiano dos grupos.

Por meio do aporte da História Oral, foram entrevistados 15 indivíduos, sendo 9 educadoras e 6 discentes, que frequentaram as instituições nos 28 anos recortados para este estudo, somando mais de 30 horas de gravação.

A pesquisa também se respaldou nos referenciais teóricos-metodológicos da História Cultural, da História Regional e dos Estudos de Gênero.

Por fim, foi possível perceber algumas tentativas de rompimento com os padrões fixos de gênero, muito embora nem todas as atitudes das professoras possuíssem uma finalidade emancipatória, haja vista a força das representações que procuravam formatar a ação feminina na sociedade.

Em relação às práticas docentes, o estudo constatou que a atuação dessas mulheres se destacou no cenário de estruturação das primeiras iniciativas de educação escolarizada em Presidente Bernardes e Presidente Venceslau.

Ao lidar com a precariedade das instalações escolares e a presença fiscalizadora do Estado – que se mostrava muito mais disposto a cobrar atitudes sem, muitas vezes, oferecer uma contrapartida –, essas educadoras construíram a cultura escolar dos grupos em que trabalharam, improvisando com os recursos que possuíam, criando estratégias que lhes permitiam cumprir com as de

 

Orientador e Membros da Banca
Prof.ª Dr.ª Arilda Ines Miranda Ribeiro (orientadora)
Prof.ª Dr.ª Maria de Fátima Salum Moreira (Unesp – Câmpus de Pres. Prudente)
Prof.ª Dr.ª Ana Lúcia Guedes Pinto (Unicamp)
Prof.ª Dr.ª Rosa Fátima de Souza Chaloba (Unesp – Câmpus de Araraquara)
Prof.ª Dr.ª Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo (Unesp – Câmpus de Marília)

 

Dia: 07 de março de 2016
Horário: 8h30
Local: Sala de videoconferência da Fundacte

Anúncios


Categorias:Educação, Educação, Em questão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: