Jogos Mundiais dos Povos Indígenas fortalecem identidade cultural e tradições do Brasil

Brasília - DF, 23/06/2015. Presidenta Dilma Rousseff, durante solenidade de lançamento dos I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas e abertura do Congresso Técnico. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Brasília – DF, 23/06/2015. Presidenta Dilma Rousseff, durante solenidade de lançamento dos I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas e abertura do Congresso Técnico. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Terça-feira, 23 de junho de 2015 às 22:22

Os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, que serão realizados pela primeira vez neste ano, representam um momento único de fortalecimento da identidade cultural e de resgate e valorização das manifestações e tradições indígenas, afirmou a presidenta Dilma Rousseff nesta terça-feira (23), ao participar da cerimônia de lançamento da competição, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

A presidenta disse considerar que o encontro terá extrema relevância e importância, “que vai marcar a história das etnias no mundo. Daí, eu acho, a importância que todos vão dar a esse evento, como a ONU, a mídia e toda a sociedade internacional”.

O Brasil é admirado mundo afora por suas belezas naturais, pela hospitalidade do povo e, sobretudo, pela capacidade de integração com todas as culturas, afirmou Dilma Rousseff. “Temos muito orgulho de ser uma Nação multiétnica e plural, cujo DNA carrega muitas e importantes contribuições dos povos indígenas”.

Com o lema “O importante não é ganhar, sim celebrar”, os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas serão, antes de tudo, um momento de congraçamento entre todos os participantes, disse a presidenta, ao saudar os guerreiros que representavam os povos indígenas que participarão do certame.

Será um momento histórico, em que mais de dois mil atletas indígenas, de 24 etnias brasileiras e de 22 países, competirão em modalidades como arco e flecha, arremesso de lança, cabo de força, canoagem rústica tradicional e corrida com tora, entre outras.

O Brasil será a sede dos jogos, que serão realizados de 23 de outubro a 1º de novembro deste ano, na cidade de Palmas (TO). Dilma Rousseff lembrou que já foram organizadas 12 edições nacionais desse tipo de competição, que serviram de inspiração para a primeira versão mundial dos Jogos Indígenas.

A presidenta disse que o governo federal está integralmente engajado nas atividades de organização dos Jogos Mundiais Indígenas. “Em parceria com o governo do estado de Tocantins, a Prefeitura de Palmas, o Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o Pnud, estamos disponibilizando recursos e mobilizando equipes para que façamos um evento grandioso”, assegurou.

Por fim, a presidenta disse desejar que os I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas permitam reafirmar o apreço da sociedade brasileira pela diversidade e pela pluralidade. “Que façamos uma festa em que a convivência harmoniosa, respeitosa, pacífica e fraterna entre todos os povos seja o resultado mais celebrado”.

E desejou muito sucesso a todos os atletas indígenas brasileiros que participarão dos jogos. “Como presidenta da República e como cidadã, torcerei muito por suas vitórias, que serão vitórias de todo o povo brasileiro”, finalizou.

Anúncios


Categorias:Notícias, Povos Indígenas

Tags:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: