A vida é eterna em cinco minutos

  Por Gilberto da Silva Tecia os mais belos panos em seu plano de chão entretida na tecelagem em que trabalhava. Suas mãos calejadas seu sorriso cansado e a boca pintada ao sair da tarde. Poderia ter encantamento? Poderia ter emoção? Sua volta para casa, suada, amassada num coletivo da metrópole. Poderia ser amada por ele? Ele, um ser mais pensante, falante e pulsante e … Continuar lendo A vida é eterna em cinco minutos