Cinco anos depois, terremoto que devastou Haiti ainda deixa marcas pelo país

Ana Graziela Aguiar – Enviada Especial Edição: Talita Cavalcante Porto Principe (Haiti) – Ruínas no bairro de Bel-AirMarcello Casal Jr./Agência Brasil Doze de janeiro de 2010. O dia já estava no fim, haitianos saíam do trabalho quando o país foi abalado por um forte tremor. Em menos de um minuto, estima-se que mais de 200 mil pessoas tenham morrido naquele que foi o pior terremoto … Continuar lendo Cinco anos depois, terremoto que devastou Haiti ainda deixa marcas pelo país