Desilusão

Entre pensamentos busco uma luz

 

Algo que me traga a esperança

 

Meus sonhos buscam sua face

 

Minha alma está em transe

 

 

Com a proximidade de sua presença

 

Meu coração acelera

 

As pulsações aumentam

 

A aflição toma conta

 

 

As palavras fogem da minha boca

 

Principío a balbuciar

 

De modo tímido

 

Prostro-me somente a te olhar

 

 

Com certo receio chega a hora da indagação

 

Trago comigo a esperança do sim

 

Contudo é chegada a hora do veredito

 

Aflito

 

, apenas leio seus lábios

 

 

A resposta não é esperada

 

O impacto deixa sem reação

 

Com o coração partido

 

É preciso retomar a razão!

 

Autor:

 

Juliano Strachulski

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s