Calçadas acessíveis e verdes

Andar pelas calçadas da cidade é um grande desafio. A cartilha da Prefeitura de São Paulo seguindo a Lei 13.646, de 2003 diz que devemos fazer as calçadas verdes em locais onde não ocorre fluxo muito grande de pedestres. Segundo a cartilha as faixas ajardinadas não devem possuir arbustos que prejudiquem a visão e o caminho do pedestre e que não se esqueçam da acessibilidade! … Continuar lendo Calçadas acessíveis e verdes

SEJA LÚCIDO EM MEIO A TANTA LOUCURA

SEJA LÚCIDO EM MEIO A TANTA LOUCURANA MANEIRA DE SE LIDAR COM O PORTADOR DE TRANSTORNO MENTAL. O transtorno mental pode acarretar prejuízos na vida social, familiar e profissional do portador. Durante as crises podem ocorrer frequentes dificuldades de atenção e memória em suasatividades, ocasionando uma diminuição do desempenho de tarefas cotidianas,inclusive profissionais. Estes sintomas podem desaparecer quando adequadamentetratados. É de fundamental importância que se … Continuar lendo SEJA LÚCIDO EM MEIO A TANTA LOUCURA

Um ser singular

Com certeza, o Balneário do Guarujá tem, teve e terá inúmeras personalidades que merecem uma biografia. No lindo Balneário paulista encontramos pessoas que merecem respeito e consideração. Pessoas plurais. Mas viveu na cidade um personagem, um homem, um ser singular: João Cruz Filho, exemplo raro de dignidade, trabalho, dedicação e honestidade. João Cruz Filho foi um modelo de atitude na linda linha reta em que … Continuar lendo Um ser singular

Caminhada do Meio Ambiente atrai mil pessoas em Cajati

  Quinhentas mudas de árvores nativas foram doadas ao município A cidade com nome de árvore nativa do Brasil, Cajati (SP), celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6), promovendo a 2ª Caminhada do Meio Ambiente. A ação reuniu cerca de mil pessoas, entre crianças e adultos, com o objetivo de mostrar o quão importante é o desenvolvimento social justo para a qualidade de vida … Continuar lendo Caminhada do Meio Ambiente atrai mil pessoas em Cajati

Caminhada do Meio Ambiente atrai mil pessoas em Cajati

  Quinhentas mudas de árvores nativas foram doadas ao município A cidade com nome de árvore nativa do Brasil, Cajati (SP), celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6), promovendo a 2ª Caminhada do Meio Ambiente. A ação reuniu cerca de mil pessoas, entre crianças e adultos, com o objetivo de mostrar o quão importante é o desenvolvimento social justo para a qualidade de vida … Continuar lendo Caminhada do Meio Ambiente atrai mil pessoas em Cajati

Oração ao São PAI-Oci

Senhor, PAI-OCI, dos miseráveis,Elevai nossa conta bancária,Assim como elevastes a sua!Senhor PAI-OCI dos servidores,ensinai como multiplicar nossos salários,que a década encontra-se subtraída!Senhor PAI-OCI, dái-nos sabedoria,paciência, perseverança para alcançar o sucesso.Ensina aos pobres pecadores a arte de ser um operadorQuerer, queremos, ó PAI-OCI,só não temos o caminho,abra, como Abrão, os trechos encobertos,mostra para os oprimidos, como realizar o milagre!Ofertai as contas gordas,afugentai as vacas magras,traga o fermento … Continuar lendo Oração ao São PAI-Oci

A hora de parar

* por Tom Coelho “Por um cravo, perde-se a ferradura, por uma ferradura, um cavalo, e, por um cavalo, o cavaleiro.” (Frei Luis de Granada) Ambição é uma coisa boa. Ela nos desperta desejos, promove o comprometimento, estimula a perseverança. Torna-nos mais fortes e nos faz buscar a superação. Pela ambição conquistamos mais posses e mais poder. Sentimo-nos mais ricos, mais bonitos e até mais … Continuar lendo A hora de parar

Garra, Paixão e Empolgação!

“O sucesso vem da tomada de iniciativa e determinação, persistindo, eloquentemente expressando a profundidade do seu amor. “(Anthony Robbins) Em ritmo de carnaval, todos os integrantes das escolas de samba do Rio de Janeiro desfilam com muita garra, paixão e empolgação. E isso é tudo o que as empresas necessitam de seus colaboradores para se destacarem e ascenderem no mercado. De igual modo, as demonstrações … Continuar lendo Garra, Paixão e Empolgação!

Drogados virtuais, seus vícios reais e um meio de cura

Tudo começou de forma inocente, com um simples cadastro de e-mail. “Não tem perigo, todo mundo usa” era o que me diziam. Dos e-mails comuns do tipo: “Olá, como vai, tudo bem?”, aos poucos fui indo cada vez mais fundo, e quase sem notar já estava enviando e recebendo apresentações de Power Point com ursinhos fofinhos, florzinhas coloridas e mensagens açucaradas de amizade, pedindo que … Continuar lendo Drogados virtuais, seus vícios reais e um meio de cura

Tecnologia e mágica

“Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível da mágica!”, diz a Terceira “Lei” formulada por Arthur C. Clarke, mais conhecido por ter escrito o conto “O Sentinela”, base para a obra-prima de Stanley Kubrick, “2001: Uma Odisséia no Espaço”. A considerar esta “lei”, vivemos num mundo de mágica, pois a tecnologia faz parte do cotidiano, tanto que já não nos impressionamos nem mandamos queimar seus autores: … Continuar lendo Tecnologia e mágica

A hora de parar

* por Tom Coelho “Por um cravo, perde-se a ferradura, por uma ferradura, um cavalo, e, por um cavalo, o cavaleiro.” (Frei Luis de Granada) Ambição é uma coisa boa. Ela nos desperta desejos, promove o comprometimento, estimula a perseverança. Torna-nos mais fortes e nos faz buscar a superação. Pela ambição conquistamos mais posses e mais poder. Sentimo-nos mais ricos, mais bonitos e até mais … Continuar lendo A hora de parar

Apoema, o conquistador e seu fim

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br                 Nem mesmo seu nome, Apoema, as pessoas sabiam se havia recebido na pia batismal ou era mera invenção. Jairinho G., o melhor contador de “causos” da corruptela de Vai-quem-pode dizia que o conhecera quando era um faz de tudo nas fazendas e casas do arraia. Jurava então, pela Santa Virgem, que naquele tempo há muito passado, ele se chamava Antônio Serapião. … Continuar lendo Apoema, o conquistador e seu fim

Apoema, o conquistador e seu fim

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br                 Nem mesmo seu nome, Apoema, as pessoas sabiam se havia recebido na pia batismal ou era mera invenção. Jairinho G., o melhor contador de “causos” da corruptela de Vai-quem-pode dizia que o conhecera quando era um faz de tudo nas fazendas e casas do arraia. Jurava então, pela Santa Virgem, que naquele tempo há muito passado, ele se chamava Antônio Serapião. … Continuar lendo Apoema, o conquistador e seu fim