A influência das histórias infantis

Por Nina Rocha   “Contar Histórias  é lançar um  fio de prata do plexo solar que vai envolvendo o narrador à plateia, criando uma teia mágica, onde ambos se perdem de boa vontade, pelas tênues tramas da narração.”  (Cléo Busatto) Envolver a criança no belo e no imaginário é perpetuar o valor do bem e saber que se está somando para a evidência de um … Continuar lendo A influência das histórias infantis

Sin perder la identidad

Certa vez, em Buenos Aires, quando ainda não tínhamos TV a cabo no Brasil, tive a oportunidade de assistir vários canais latinoamericanos. Além dos argentinos, havia uruguaios, chilenos, colombianos, venezuelanos pré-Chavez (o presidente, não o personagem humorístico… ou será que estou confundindo as coisas?) e por aí vai.Também havia alguns canais brasileiros, o que serviu para lembrar que somos o único país da América Latina … Continuar lendo Sin perder la identidad

Sin perder la identidad

Certa vez, em Buenos Aires, quando ainda não tínhamos TV a cabo no Brasil, tive a oportunidade de assistir vários canais latinoamericanos. Além dos argentinos, havia uruguaios, chilenos, colombianos, venezuelanos pré-Chavez (o presidente, não o personagem humorístico… ou será que estou confundindo as coisas?) e por aí vai.Também havia alguns canais brasileiros, o que serviu para lembrar que somos o único país da América Latina … Continuar lendo Sin perder la identidad