Lindas de Morrer

O padrão de beleza feminino é historicamente relativo: Até a Renascença a moda era ser gordinha, pois magreza era considerada sinal de doença, num período marcado por pouca higiene e, por consequência, grandes epidemias. Logo em seguida os excessos adiposos foram confinados em sufocantes espartilhos. De certa forma, esta moda perdurou até a década de 1950, pois as principais atrizes de Hollywood, que eram, digamos, … Continuar lendo Lindas de Morrer

Um calourão que faz suar frio

(Autor: Antonio Brás Constante) Esta onda de calor que assola o País é de arrepiar, ou seja, é algo até contraditório, porém, que acontece e nos deixa suando frio achando que estamos assando. É tanto calor que eu sinto o bafo quente do vento me cozinhando tal qual uma batata no vapor, sinto a sede que sobe pela minha garganta e a resseca a cada … Continuar lendo Um calourão que faz suar frio

Lindas de Morrer

O padrão de beleza feminino é historicamente relativo: Até a Renascença a moda era ser gordinha, pois magreza era considerada sinal de doença, num período marcado por pouca higiene e, por consequência, grandes epidemias. Logo em seguida os excessos adiposos foram confinados em sufocantes espartilhos. De certa forma, esta moda perdurou até a década de 1950, pois as principais atrizes de Hollywood, que eram, digamos, … Continuar lendo Lindas de Morrer

O fim da trapizonga do Tró-ló-ló

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br             Dizem que Santana naqueles tempos era uma corrutela onde se escondiam portugueses, paulistas, índios, negros e aventureiros vindos de todos os locais do mundo conhecido. Quase sempre os primeiros trabalhavam de sol a sol e os outros viviam de espertezas.             Jean Claude Troisgros surgiu de um dia para outro, com roupas estranhas e um perfume exalando um forte odor … Continuar lendo O fim da trapizonga do Tró-ló-ló

O fim da trapizonga do Tró-ló-ló

Pedro Coimbra ppadua@navinet.com.br             Dizem que Santana naqueles tempos era uma corrutela onde se escondiam portugueses, paulistas, índios, negros e aventureiros vindos de todos os locais do mundo conhecido. Quase sempre os primeiros trabalhavam de sol a sol e os outros viviam de espertezas.             Jean Claude Troisgros surgiu de um dia para outro, com roupas estranhas e um perfume exalando um forte odor … Continuar lendo O fim da trapizonga do Tró-ló-ló

Um calourão que faz suar frio

(Autor: Antonio Brás Constante) Esta onda de calor que assola o País é de arrepiar, ou seja, é algo até contraditório, porém, que acontece e nos deixa suando frio achando que estamos assando. É tanto calor que eu sinto o bafo quente do vento me cozinhando tal qual uma batata no vapor, sinto a sede que sobe pela minha garganta e a resseca a cada … Continuar lendo Um calourão que faz suar frio

A opção dos vencidos ou “los massacres de la ciudadania”

João dos Santos Filho * publicado em 06/02/2010 como <www.partes.com.br/politica/vencidos.asp> Resumo: A adoção internacional expediente jurídico presente na maioria dos estados capitalistas se constitui em um crime “lesa pátria”, pois se apresenta como um instrumento capaz de qualificar o ser humano como mera mercadoria, onde o valor de uso e valor de troca são resguardados pelas leis do chamado estado de direito. Essas práticas de … Continuar lendo A opção dos vencidos ou “los massacres de la ciudadania”